out12_1

A aliança entre a Tecnologia e a Pesquisa para a disseminação de conhecimento

Cristina Panella Newsletters

Já observarmos que, na maior parte dos casos, os trabalhos de pesquisa desenvolvidos para um cliente têm seus resultados protegidos pelo sigilo. E argumentávamos que não precisaria ser sempre assim. Acreditamos que é também papel das empresas de Pesquisa contribuírem para a disseminação do conhecimento da opinião de camadas expressivas da população entre os diferentes públicos. Para tanto, precisamos encarar nossa atividade dentro de sua função social e investir parte de nossa inteligência e capacidade de realização na produção e disseminação da opinião dos públicos sobre temas socialmente relevantes.

Foi o que fizemos, a partir da parceria construída com a Mind7, no último mês de setembro com a publicação da pesquisa O Brasileiro e a Inadimplência:

I – O Brasileiro e a Inadimplência

Ter contraído crédito é diferente de ter dívida para 87% dos brasileiros – Informação importante para aqueles os envolvidos em programas de educação financeira: a falta de conhecimento sobre os conceitos, muitas vezes produzida por diferentes nomenclaturas, explica boa parte dos comportamentos expressos pelos índices divulgados pelo setor. Os mais jovens demonstram um conhecimento mais apurado dos conceitos. A percepção de que não há diferença entre crédito e endividamento é maior entre os mais jovens (14% entre os que têm até 29 anos contra 7% entre aqueles com 60 anos ou mais)

A concordância / discordância sobre as frases propostas confirma a ausência da percepção sobre a relação entre crédito e endividamento. Somente 6% da amostra concordou com a frase afirmando que crédito e endividamento são a mesma coisa

Homens olham a taxa de juros. Mulheres, o limite de crédito – Embora mais de três quartos afirme observar a taxa de juros na hora de obter crédito, essa é uma preocupação mais masculina (88%) do que feminina (83%). Por outro lado, constatou-se que as mulheres dão, relativamente, maior atenção ao limite de crédito (22%) do que os homens (18%).

Luz vermelha quando a fatura do cartão de crédito está atrasada – Entre fatores que contribuem para a sensação de endividamento, o não pagamento da fatura do cartão de crédito (29%), do empréstimo no banco (24%) ou ainda estar utilizando o cheque especial (21%) foram apontados como principais. O cartão de crédito é, aliás, a dívida mais citada entre os que se declararam inadimplentes (62%).

O serviço é básico mas o pagamento não – As contas ligadas a serviços básicos estão em segundo lugar no ranking de atrasos, apesar de os entrevistados terem afirmado que as priorizam. Os mais velhos (50 a 59 anos) têm enfrentado maior dificuldade para pagá-las.

Estudo para mulheres, carro para os homens – As mulheres valorizam mais acertar o pagamento da escola ou da faculdade do que os homens (13% contra 7%). Por sua vez, os homens priorizam a prestação do carro (10% contra 7% das mulheres), dos impostos (10% contra 7%) e das contas com juros altos por atraso (46% contra 42%).

Educação financeira – O conjunto da pesquisa demonstrou que a educação financeira ainda é precária entre os brasileiros. Em todos os tipos de dívidas, dado recorrente foi o grande o número de pessoas que não tem ideia de quando poderão quitar seus débitos, por não terem perspectiva de renda suficiente para tanto. Além disso, a prática de emprestar “o nome para uma dívida ainda é muito disseminada

E há ainda muitos outros dados que rendem uma boa discussão!

Acesse nosso site e veja a pesquisa completa!

Box metodológico

• Entrevistas realizadas via web através da parceria com por meio da plataforma Mind7;
• Período da coleta: 10 a 17 de agosto de 2012;
• Responderam à pesquisa 4.882 internautas;
• Perfil:64% homens (36% mulheres); 55% (SE), 17% (S), 16% (NE), 8% (CO), 6% (N); 83% (PEA)
• Período de realização: 10 a 17 de agosto de 2012

aplicHABILIDADE

 

A LeadPix Marketing e Publicidade Ltda e é parceira exclusiva da Cristina Panella Planejamento e Pesquisa.

A plataforma nasceu a partir do reconhecimento da velocidade de incremento do fluxo de informações aliada à necessidade da mídia em publicar temas relevantes embasados em dados de pesquisas realizadas com o maior rigor técnico. Fornece, regularmente, informações qualificadas, resultado de pesquisas realizadas em ampla base de consumidores e cidadãos.

Próxima pesquisa a ser publicada: Reclamações de Consumidores.

Breve apresentação da Cristina Panella Planejamento e Pesquisa. Venha tomar um café para conversarmos sobre suas necessidades.

Para conhecer o escritório do Grupo Attitude e a Galeria de Arte Urbana (25 grafiteiros), faça uma visita virtual!