pesquisa-satisfacao-de-clientes

Vamos fazer diferente e ser mais eficazes em 2016?

Cristina Panella Newsletters Leave a Comment

Estabelecer metas, medir e avaliar resultados tanto da imagem da empresa entre seus públicos como das vendas de produtos e serviços é fundamental, porque essas medidas traduzem o que você está fazendo bem (e que está funcionando), deixando claro o que não está funcionando.

Parece simples e óbvio, não é?

No entanto, a verdade é que quando falamos de pesquisa em marketing e comunicação no Brasil, quase todo mundo concorda com a importância mas confessa recorrer muito pouco a ela. Algumas das razões apresentadas, são:

a) É uma despesa (e estou sem verba): alguma vez você ouviu algum empresário dizer que desenvolver um novo produto é despesa? Por que testá-lo seria?

b) O tempo de execução é longo: o trabalho de pesquisa envolve recursos, operação e muita, muita reflexão para a análise. Por que deveríamos desperdiçar o investimento realizado entregando somente dados brutos?

c) Os custos são altos: pesquisa não significa conversar com meia dúzia de pessoas. Para estudos quantitativos são necessárias amostras e, claro, pessoas para operar. Além disso, o que “custa” mais – lançar-se em ações e produtos por…”feeling”, com o risco de se dar mal ou investir em uma pesquisa que permita, ainda na fase de lançamento a correção de rumos?

Pesquisa tampouco é uma ferramenta que você utiliza no princípio do processo e depois… deixa de lado. Veja a analogia que criamos:

A partir da ilustração, reflita:

• Você conhece efetivamente seu público-alvo?

• Tem métricas e sistemas de mensuração claros e objetivos?

• Qual foi a última vez em que você ouviu uma abordagem metodológica nova? Você tem parceiros que desenvolvem novas abordagens em função de suas necessidades e do momento em que seu negócio se encontra?

A pesquisa está presente em todo o processo – do diagnóstico que dará suporte ao planejamento à mensuração de resultados, passando pelo monitoramento.

Mais do que dados específicos, você sempre poderá saber o que está fazendo corretamente (ou de forma errada), em que produtos, serviços ou áreas poderá melhorar, como anda a comunicação com seus públicos e clientes, quais as principais razões de atratividade e rejeição de sua empresa e marcas pelos públicos.

Ufa! Acho que é hora de começar, não é?

Conte com a gente!

COMPARTILHAR

Breve apresentação da Cristina Panella Planejamento e Pesquisa. Vamos tomar um café para conversarmos sobre suas necessidades?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *