GO! Pequenos Negócios

Pequeno sim, mas profissional

Cristina Panella Newsletters Leave a Comment

Cristina Panella Planejamento e Pesquisa apresenta a Go! Pequenos Negócios, plataforma de pesquisas para Pequenas e Médias empresas

Ser profissional não é sinônimo de ser grande. Ser profissional é atributo de todo empreendedor de sucesso. Grande, pequeno ou micro. Em qualquer escala, empreender com profissionalismo significa planejar antes de agir, inovar para se diferenciar da concorrência e conhecer profundamente o público-alvo e o mercado para sobreviver no tempo.

No que tange empreendimentos novos, um estudo do Sebrae realizado com 2.006 empresas criadas entre 2011 e 2012 revela que a sobrevivência de um negócio depende de um conjunto de fatores combinados, entre eles, o planejamento, a gestão e capacitação do empreendedor são os atributos determinantes do sucesso da empresa.

Empreendedores inexperientes no ramo que escolheram, negócios sem planejamento prévio, sem gestão de financeira e fluxo de caixa, pouco ou nada inovadoras e que não se diferenciam da concorrência nem investem na própria capacitação estão fadados ao fracasso.

Na outra ponta, em atividade encontram-se os empreendedores que têm experiência no ramo que escolheram, que abriram o negócio porque identificaram oportunidades de mercado, fizeram planejamento o prévio cuidadoso, que conseguiram negociar com fornecedores e financiadores, que inovam, que se diferenciam da concorrência e investem na capacitação de funcionários e na sua própria.

O desafio das pequenas e médias empresas é serem criativas na utilização de recursos financeiros, materiais e humanos. Em geral, quem abre uma empresa aprende primeiro a responder a demandas de mercado e só depois a se planejar para enfrentar as flutuações da economia.

Para evitar essa armadilha mortal, o primeiro passo é abandonar a intuição (ou os achismos) e substituir o aprendizado por tentativa e erro pelo planejamento. Principalmente em tempos bicudos, todos os recursos têm de ser gerenciados com o máximo rigor e as decisões devem ser o mais inovadoras possível.

É necessário fazer pesquisa.

Muitas vezes, uma mudança no relacionamento com os clientes traz resultados fenomenais. Para detectar exatamente o que vai bem e o que precisa ser mudado, instrumentos como a pesquisa (de opinião, mercado,) são os substitutos para a intuição. O conhecimento adquirido por esse tipo de estudo subsidia o planejamento a médio e longo prazo e estabelece um canal de comunicação direto da empresa com seus públicos.

A pesquisa está diretamente envolvida em todas as etapas que um bom planejamento: desde a análise da concorrência até a definição de metas e medição de resultados. Além de fornecer bases mais sólidas, resultado de análises científicas de tendências ou oportunidades de mercado, apoiam a a inovação. E o melhor: a pesquisa está, hoje, ao alcance dos pequenos negócios graças a plataformas tecnológicas como a da Go! Pequenos Negócios que permite modular e adequar o recurso a necessidades de todos os tipos.

Para que o investimento, por menor que seja, frutifique, é preciso sempre contar com a análise de profissionais que entendam o perfil da empresa e a ajudem a delimitar objetivos claros sobre o que se pretende obter, além de construírem recomendações efetivas a partir dos resultados. Dessa forma, as empresas poderão de fato substituir gastos sem retorno por investimento em planejamento e inovação.

Gostou? Compartilhe!

Breve apresentação da Cristina Panella Planejamento e Pesquisa. Vamos tomar um café para conversarmos sobre suas necessidades?

Go! Pesquisa para Pequenos Negócios é uma linha de produtos e soluções de Cristina Panella Planejamento e Pesquisa especialmente desenvolvida para as PMEs, com o objetivo de contribuir e dar fundamento sólido às estratégias de mercado e de relacionamento das pequenas e médias empresas com seus públicos. Sempre com os melhores preços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *